Pular para o conteúdo principal

Brasil sai da Copa América 2011: E agora Mano?


E eis que pouco antes das 19:00 do dia 17 de julho de 2011 o Brasil dá o maior vexame "futebolístico" de que me recordo jamais ter visto em toda minha vida. Se houve algum pior, por favor me poupem... Não quero saber qual foi.

Não resta a menor dúvida de que este dia entrará negativamente para a história do futebol brasileiro, ou melhor pior do esporte brasileiro, ou pior ainda... De toda a cultura brasileira.



O Brasil de Dunga era criticado pelos entendidos em futebol. Eu, que não entendo muito desse esporte, me calava, mas em meu interior havia uma indagação. Ora, o Brasil jogou no ataque na copa de 2006 e não ganhou e se todos achavam que o time brasileiro deveria parar com o futebol arte e com suas firulas e "showzinhos" dentro de campo e passar a jogar como todo mundo... Menos arte e mais técnica com uma pitada extra de defesa, foi exatamente o que o time comandado pelo "anão" Zangado Dunga.

Ainda assim não deu...

Imediatamente, Dunga deveria ser substituído - não gostei, hei de confessar - por alguém que prezasse o futebol arte. Por alguém que convocasse Ganso e Neymar (lembram como Dunga foi criticado e demasiadamente cobrado por não ter levado os recém-desmamados jogadores brasileiros?). Alguém que não pensasse tanto em defesa, mas quase totalmente no ataque.

Escolheram um cara chamado Muricy Ramalho, mas ele optou pela ética. Chamaram alguém que havia tirado o Corinthians do buraco e mais, o tinha levado à glória. Esse alguém se chama Mano Menezes.

Mano fez o que todos pediam: Fez aflorar o futebol arte, escalou os melhores atacantes do mundo, colocou o que quase todos (eu não nessa, hein?) pediam: Escalou Neymar, Ganso e Pato.

A imprensa mais uma vez se adiantou e encheu a bola de um jogador com muito talento, mas ainda cheirando a leite... Imaturo. Houve quem dissesse que ele seria o novo Ronaldo Fenômeno (fenômeno com f maiúsculo, já que esse é quase seu sobrenome). Peraí gente! Jogar na seleção brasileira dá frio na barriga de qualquer um. Vamos parar de colocar tanta pressão sobre os ombros do garoto.

Ou por acaso, algum jornalista que sai da faculdade e vai direto ser apresentador-âncora da CNN fica menos nervoso? Ainda que tenha se formado com medalha de honra ao mérito, CNN é CNN e seleção brasileira é seleção brasileira. Deixem o garoto ter sua chance sem dar-lhe a estrela antes da hora.

Bom, depois que ele (subentenda-se Neymar) não conseguir jogar, nem marcar nenhum gol de tanto tijolo que tem nos ombros, não digam que não avisei...

Agora é hora de voltar pra casa e treinar muito penalty, hehe. Mas brincadeiras à parte e falando muito sério (e pensando na Copa de 2014), o Brasil de Mano mostrou que está completamente desunido, dentro e fora de campo. Já que Ganse e Neymar se recusaram a falar com os jornalistas no final do jogo. Bem diferente do Brasil de Dunga que esteve 100% unido, do início cheio de esperança até na derrota. Ponto para eles, que sabem perder o jogo, mas não perderam a classe.

Texto: Renata Fraia (ieu messsma)
Foto da honrada Bandeira Brasileira: i9ArtDesign

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esta ou essa quando usar (gramática)

Muita gente não sabe que há diferença em quando usar esta ou essa (gramática), em uma frase. E de fato há...

E respondendo a pergunta quando usar as palavras esta ou essa, desta, dessa e aquela: Vou explicar a diferença entre esta ou essa recordando a maneira como aprendi de um jeito que fez com que eu NUNCA MAIS ESQUECESSE...

...E recordando
Lembro-me que, certa vez (e lá se vão anos), perguntei ao meu professor de língua portuguesa - o estimado professor Albo - quando deveria usar essa ou esta e ele olhou firmemente em meus olhos - já era um senhor duns 75 anos ou mais - e disse enquanto batia com força e apontando para a mesa dele disse:

 _ Esta mesa é minha, e apontando para minha mesa (carteira)... _ Essa mesa é sua! E arregalou os olhos. Eu nunca mais tive essa dúvida. Se fixou que nem cola em meu cérebro e creio que na menta dos alunos da sala inteira.

Como fazer um bom café

Nada como um cheirinho de café passado na hora... O aroma do café quentinho recém-preparado e aquela fumacinha nos fazem necessitar de uma xícara de café e nem precisa ser feito em máquina de café expresso.

Mas como fazer um bom café?
Daqueles que a gente toma nas cafeterias ou em casas do interior do de fazenda, que a gente vê o grão torrado se transformar em pó (o aroma é quase perturbador) e torce para que a água passe logo pelo coador de pano já amarronzado de tanto café que já tirou.




A ideia para escrever esse post veio de uma entrevista que assisti e que me deixou cabreira, pois segundo a barista, é impossível tirar um bom café com o café que a gente compra no mercado... Leia no final*

Para preparar um bom café em casa se você for como a maioria das pessoas que não tem um moedor de café em casa (:/) basta seguir algumas dicas para um bom café:


1. O pó de café:
- Marca: Escolha uma marca que possui certificado de pureza e qualidade, o selo de pureza ABIC, facilmente verificado nas e…

Falar o que está entalado na garganta pra não somatizar e virar doença

Falar o que está entalado na garganta...

Essa atitude é perigosa, mas acho que deve ser tomada antes que você fique doente e somatizes (gerando doenças na garganta como infecções, problemas na tireoide de até câncer de garganta.

É perigosa porque você pode perder um amigo. Mas será que essa pessoa é mesmo sua amiga? Se fosse não te ofenderia, nem te magoaria com tanta frequência... Assim, no fim você só ganha, não perde...