Pular para o conteúdo principal

Como fazer um bom café

Nada como um cheirinho de café passado na hora... O aroma do café quentinho recém-preparado e aquela fumacinha nos fazem necessitar de uma xícara de café e nem precisa ser feito em máquina de café expresso.

Mas como fazer um bom café?


Daqueles que a gente toma nas cafeterias ou em casas do interior do de fazenda, que a gente vê o grão torrado se transformar em pó (o aroma é quase perturbador) e torce para que a água passe logo pelo coador de pano já amarronzado de tanto café que já tirou.




A ideia para escrever esse post veio de uma entrevista que assisti e que me deixou cabreira, pois segundo a barista, é impossível tirar um bom café com o café que a gente compra no mercado... Leia no final*

Para preparar um bom café em casa se você for como a maioria das pessoas que não tem um moedor de café em casa (:/) basta seguir algumas dicas para um bom café:

Como fazer um bom café
xícara de café - foto: Bruno Kaneoya

1. O pó de café:


- Marca: Escolha uma marca que possui certificado de pureza e qualidade, o selo de pureza ABIC, facilmente verificado nas embalagens. Esse tipo de pó tem pureza garantida, significa que você não coará juntamente com o pó de café, pó de mato ou insetos triturados (eca), nem fezes de animais (eca).

- Embalagem: As embalagens embaladas à vácuo (quadradas e compactas) são as capazes de conservar melhor as propriedades e, principalmente, o aroma e o sabor do café.

- O tipo de pó: Para um sabor 'normal' de café opte pelo pó tradicional, não adianta 'inventar' com pós tipo 'forte', 'suave', 'da fazenda', etc. Isso tudo pode até funcionar, mas quer saber como fazer um café gostoso e tradicional, o nome já diz tudo... tradicional. Entretanto, optar pelo café orgânico fará você ganhar em qualidade, saúde e sabor.

- Armazenando o pó: Para preservar o sabor e o aroma do café, guarde-o em recipiente de metal e dentro da geladeira.

2. O coador de café:


Há quem diga que o sabor do café fica melhor quando o café é coado em coador de pano. Eu, na verdade não noto diferença. Vamos juntos analisar esta questão... O coador de pano é feito com tecido algodão e sem tinta alguma, logo o pó não adquire 'cheiros', nem fiapos ou sabor diferente. Já os coadores de papel de marcas boas.... "peraí" que vou buscar uma embalagem.... Pronto! Na embalagem diz: Composição: 100% fibras celulósicas. Também é orgânica como o algodão, sem tinta e sem fiapos, logo, não tem diferença no sabor (*-*), além de ser muiiito mais prático! Ah! o coador usado pode servir como matéria-prima para artesanato.

ATUALIZAÇÃO [27.03.2015]...

Tenho que abrir um parênteses neste item... Vocês já sentiram cheiro de café velho? Eca! Estou certa de que sim. Então... se você é daquelas que prefere coador de pano, tome cuidado para que ele não fique com esse cheiro intragável. Okay?

3. A água:


É fundamental que a água seja de boa procedência, se usar água da torneira, esta deve ser filtrada ou fervida previamente - já que a água do café não deve ser fervida. Se for usar água mineral, esta poderá deixar algum gosto no seu café.

4. A temperatura da água:


O ponto certo da água para fazer um bom café é no momento em que as 'bolinhas miudas' (redundância intencional) começarem a se formar. Não deixe a água ferver.

5. A quantidade de pó de café:


Em geral, para agradar o paladar em geral (do brasileiro), um café gostoso meça assim:

- 1 colher de sopa cheia de pó de café
- 250 ml de água quase fervendo
(a água fervendo faz o sabor do café se alterar negativamente, use-a quando as primeiras bolhinhas começarem a aparecer)

6. Como fazer um bom café, propriamente dito...


- Monte o coador em um bule ou recipiente de vidro limpos e sem odores
- Coloque a água para ferver
- Antes que ferva despeje um pouco de água para umedecer o coador (vai facilitar a passagem do líquido marrom mais precioso que existe)
- Coloque 1 colher de sopa cheia de pó de café no coador
- Despeje a água sobre o pó, lentamente e sem mexer com colher (acredite! tem quem faça isso :/)
- Após passar o café pelo coador adoce* a gosto, mas para fazer um bom café não coloque muito açúcar, bastam 1 colher de sopa para a quantidade de pó acima.

* Há quem diga que se um pós de café for de boa qualidade, não é necessário adoçar, já que ele NÃO é amargo. É claro que fiz o teste. Fiz um café na minha  máquina caseira de café expresso e bebi sem adoçar. Ficou deliciosamente divino e nada nada amargo. Sério mesmo!

7. Importante!


Nunca adoce a água que está fervendo.... Quem teve essa ideia? Aff!
Coloque o açúcar apenas no final, se você colocar antes de passar pelo pó, isso irá comprometer a passagem do pó pelas tramas do coador (papel ou pano ou fralda ou cueca velha - eca!)

8. Vá praticar e me chame para provar! (*-*)

kkkk #brincadeirinha!

9. Como fazer café expresso caseiro?


Já existem no mercado boas marcas de máquinas de café expresso para fazer em casa. Adquira também um pó de café para café expresso.

Como escrevi no início do post, a ideia para o mesmo surgiu de uma entrevista com uma barista.

10. Dá pra preparar um café gostoso em cafeteira elétrica?


Que me perdoem os baristas, mas dá, sim, já que estamos citando o café caseiro e não café expresso. No entanto, é preciso que a cafeteira seja regulada para que a água não ferva e que os recipientes onde são colocados a água e onde o café se deposite estejam limpos e sem aquele cheiro de café velho (eca!). Deixe um pouco da água quente passar pelo filtro antes de colocar o pó de café e jogue esta água fora se ela estiver com cheiro de resíduos de café.

Ah! Outra dica é - pelo menos uma vez por mês - encha o recipiente para água e faça todo o processo funcionar apenas com água (sem pó e sem filtro). Esse procedimento ajuda a tirar resíduos de minerais como o cálcio que podem se acumular no aparelho.

11. Moedores de café caseiros


Há vários modelos de moedor de café pra moer o café em casa. Há alguns bem pequenos e com preços interessantes. Acho que pra quem aprecia um bom café, mas aprecia mesmo - tendo a bebida quentinha e cheirosa como um ritual - vale à pena o investimento.

Café faz bem à saúde e ao meio ambiente!


É isso mesmo! Aposto que a maioria de vocês já sabe que 4 xícaras de café (50 ml cada) trazem muitos benefícios à saúde. Veja nos links abaixo, em meu blog de saúde (tenho formação como farmacêutica), alguns dos benefícios do café (vou preparar um post com vários benefícios do café... aguardem...):

  1. Café reduz risco de derrame em mulheres;
  2. Café, exercícios e câncer de próstata - benefícios;
  3. Café faz bem à saúde do coração, afirmam cardiologistas;
  4. Borra de café vira combustível (biodiesel);
  5. Borra de café contra dengue;


A Barista e o Café


* A entrevista que relato abaixo foi ao ar há mais ou menos 15 dias e não citarei o nome do repórter, da emissora ou da barista, por respeito aos mesmos.


O apresentador começa a entrevista com aquela que é considerada uma das melhores baristas do mundo, e é brasileira, uma profissional do café (que sabe, como ninguém, como 'tirar' um bom café).

Logo no início da entrevista ele solta a pergunta: "Como fazer um bom café?". "Moa o pó, coloque no filtro e passe a água quase fervendo", responde a barista.

Nesse momento eu - que assistia à entrevista que foi feita em um bar - pensei: "Bom, esse é o café ideal, mas aposto que não há uma máquina de moer café em todas as casas de brasileiros".

A entrevista continua e a premiada barista revela todas as suas conquistas na área do café gourmet, enquanto tira um café.

O apresentador, então, enquanto prova o cafezinho, tenta mais uma vez: "Mas como as pessoas lá em casa podem fazer um bom café?" e mais uma vez a mesma resposta: "Moa o pó, coloque no filtro e passe a água quase fervendo", insiste a barista.

Ou seja, não houve resposta :/

E, já no fim da entrevista o apresentador - que deve ter pensado: "Vou tentar mais uma vez" pergunta, já para encerrar o bate papo: "Dá uma dica para a dona de casa fazer um bom café" (mais claro impossível): E eis a resposta que ninguém - nem entrevistador, nem os câmeras, nem o pessoal da produção, nem tampouco o telespectadores - queriam ouvir: "Moa o pó, coloque no filtro e passe a água quase fervendo", insiste mais uma vez a barista. :/

E a entrevista acabou sem resposta para a pergunta: Como fazer um bom café em casa...

Eu, que fiquei com vontade de fazer o tempo voltar (na hora da entrevista), entrar na televisão (se isso fosse possível) e falar discretamente para o apresentador, em um ponto em seu ouvido, "Pergunta assim ó": "Mas e para as pessoas que não têm um moedor de café, nem encontram café torrado sem moer para comprar, como preparar café com o pó de café que elas têm em casa?"

Ainda bem que eu já sabia a resposta para essa pergunta...
 (*-*)
  \   /
   \ /
    ¨
... E a escrevi em um tutorial (acima) com o passo a passo para fazer um bom café!

Veja também: Receitas com café (em meu blog de culinária chamado OQueComerHoje?)
foto: http://www.flickr.com/photos/brunokaneoya/7405746662/sizes/n/

Comentários

Stanley Andrade disse…
Obrigado pelas dicas.
Agora meu café da manhã ou tarde, vai ser como uma porção mágica: encantador! =)
Que bom que gostou Stanley, obrigada pela visita. :-)

Renata
Wesley Farias disse…
Adoro café, forte e amargo, adorei suas dicas obrigado e parabéns.
samisax disse…
2 colheres de sopa de açucar para uma colher de café???? como assim?
samisax disse…
2 colheres de sopa de açucar para 250 mL de café?? Isso prejudica a sua autoridade no que é um bom café.
Renata disse…
Oi samisax, tudo bem?

Pode parecer mentira, mas adoro comentários como o seu. Eles corrigem, nos fazendo reparar o erro. Muito melhor do que quem só observa, pensa mal da gente e não fazem nada a respeito. :-/

Bom, foi apenas um erro de digitação, pois com essa quantidade de açúcar o café vai ficar "melado", como popularmente falamos. (rs)

Um abraço, já vou arrumar no post.

Renata

Postagens mais visitadas deste blog

Esta ou essa quando usar (gramática)

Muita gente não sabe que há diferença em quando usar esta ou essa (gramática), em uma frase. E de fato há...

E respondendo a pergunta quando usar as palavras esta ou essa, desta, dessa e aquela: Vou explicar a diferença entre esta ou essa recordando a maneira como aprendi de um jeito que fez com que eu NUNCA MAIS ESQUECESSE...

...E recordando
Lembro-me que, certa vez (e lá se vão anos), perguntei ao meu professor de língua portuguesa - o estimado professor Albo - quando deveria usar essa ou esta e ele olhou firmemente em meus olhos - já era um senhor duns 75 anos ou mais - e disse enquanto batia com força e apontando para a mesa dele disse:

 _ Esta mesa é minha, e apontando para minha mesa (carteira)... _ Essa mesa é sua! E arregalou os olhos. Eu nunca mais tive essa dúvida. Se fixou que nem cola em meu cérebro e creio que na menta dos alunos da sala inteira.

O livro "Diário de uma Vegana" mexeu com minha "alma" vegana

Ando enfrentando uma questão pessoal que envolve o universo da carne, do vegetarianismo e quiçá do veganismo. Não chega a ser um drama, talvez seja quase um dilema, o qual não consigo resolver -- não a médio prazo. E quem me conhece de verdade pode imaginar o quanto eu quero (ou precisava) escrever sobre o assunto. No entanto, faltava-me o estímulo para transformar em palavras o que sinto, ou melhor, o que sente minha alma vegana. O estímulo surgiu ao tomar conhecimento do livro "Diário de uma Vegana", de Alana Rox, autora que nasceu vegetariana e agora é vegana (um tipo de vegetariano estrito, que não consome NADA de origem animal).


Quando afirmo que Alana nasceu vegetariana, vocês podem imaginar que seus pais não davam carne a ela, mas não é em assim: seus pais não eram vegetarianos. E o mais incrível é que ela e filha de uma gaúcha, ou seja, é nascida em terras onde a carne é praticamente a base da refeição.

Alana Rox rejeitava qualquer alimento de origem animal, para o s…