Pular para o conteúdo principal

Ser brasileiro e ser racista no futebol é de uma ignorância Burra (entende?)

Há alguns dias, eu acordei com o texto abaixo na cabeça (mente). Quem escreve sabe que isso acontece muitas vezes com quem tem o dom de criar algo com a mente e expressar tal criação com as mãos. Mas não havia publicado o texto ainda por pura falta de tempo. Mas hoje é o aniversário de uma pessoa que tem tudo a ver com o tema do texto. Então, parei tudo e... #PartiuEscreverRenata. Espero que gostem e que sirva de lição pra muitas e muitas pessoas daqui a muitas e muitas gerações. Renata Fraia

O texto que estava pronto em minha mente há algumas semanas...

"Ser brasileiro e ser racista no futebol é de uma ignorância que chega a ser Burra, assim mesmo, com "B" maiúsculo. Entende?

Ser um brasileiro racista não é apenas uma demonstração de repúdio e preconceito (pré-conceito) àqueles que têm uma cor de pele e mais algumas características diferentes das do preconceituoso. Em pleno século 21 (XXI), ser racista é uma estupidez, uma plena ignorância, uma total falta de conhecimento de biologia. Se antigamente o conceito de raça era atribuído às características que envolvem um certo biotipo, atualmente esse conceito está ultrapassado. Na época se dizia raça e logo em seguida uma cor, era comum ouvirmos: raça branca (caucasianos), raça amarela (orientais), vermelha (indígenas) e raça negra (negros). Seguindo essa lógica, os marcianos [figurativo] deveriam ser chamados de "raça verde". Ao citar esta última possível "raça" fica fácil entender o porquê de esse conceito ser tão infundado. Hoje em dia, o conceito de raça está muito mais ligado a espécie. Assim, independente da cor de pele que eu você, seu vizinho, sua mãe, seu pai (que sim, podem ter uma cor de pele diferente da sua - taí a miscigenação que não me deixa mentir),..., somos todos da RAÇA HUMANA, ou espécie humana.

Para salientar o quão ridículo é o preconceito por causa da cor da pele, cito a miscigenação, essa coisa maravilhosa que faz com que o conceito de cor de pele se perca mais e mais a cada nova era. Assim, um filho de pai branco e mãe amarela resultaria em uma pessoa da raça amarelo claro? Filho de branco + preto nasceria um bebê pardo (como se costuma chamar o resultado desse cruzamento que antes era chamado de mulato). E o cruzamento ente orientais (amarelos) e índios (vermelhos) teríamos como resultado a raça laranja? E os albinos? A qual raça pertencem? (?!?!) Já se convenceu do quanto isso é ridículo, para não dizer cômico? Acho que sim, né?

Mas se o racismo mundial e em todas as áreas já é algo abominável, o racismo no futebol brasileiro é uma demonstração plena de burrice e total desconhecimento do futebol no Brasil. Tal racista parece ter caído de para-quedas de um planeta onde este esporte não existe, ENTENDE? Por quê? Continue lendo... Será que quando "selvagens" jogam bananas no campo de futebol e gritam: "macaco!", eles não conseguem recordar qual a cor da pele do BRASILEIRO considerado O MELHOR JOGADOR DE FUTEBOL DE TODOS OS TEMPOS? O mesmo que fez 1000 gols e 500 deles [preste atenção:] ANTES de completar 20 anos?

Enfim, hoje (23.10.2015) é aniversário do ex-jogador de futebol chamado Edson Arantes do Nascimento, que você provavelmente conhece como Rei Pelé. PARABÉNS PELÉ! MUITAS FELICIDADES EM SEU ANIVERSÁRIO e muito obrigada por ter sido um dos primeiros brasileiros a levar uma imagem positiva do Brasil para todo o resto do mundo e independentemente da sua cor ser branca, preta, azul ou verde.

PARABÉNS PELÉ! MUITAS FELICIDADES EM SEU ANIVERSÁRIO
Pelé o eteno camisa 10 / foto: Wikipedia

(...)
Mas tem mais e não vou aquietar minha mente nos próximos minutos até escrever a última frase que estava aqui, ó! bem na minha cabecinha...




Quando alguém chama um ser humano que tem a pele de cor negra de macaco, comparando-o com tal animal, prova ser ignorante em mais um aspecto: existem macacos com pelos de várias cores e características faciais diversas. Um exemplo? O mico leão dourado, por exemplo, tem pelos alaranjados (ruivos acobreados se comparássemos com cabelos humanos) e lábios finos. A foto abaixo fala mais do que qualquer palavra. E viva os macacos e micos de tudo que é cor! 

Ser brasileiro e ser racista no futebol é de uma ignorância Burra
macaco RUIVO (foto: Revista Galileu)
Ser brasileiro e ser racista no futebol é de uma ignorância Burra
macaco "BRANCO" (simmm) (foto: UOL)

E sobre a imagem abaixo só tenho uma declaração: 'Espero que - no futuro - o conceito de racismo seja algo apenas recordado em livros empoeirados de história como algo ilógico e de difícil entendimento para os jovens estudantes dos próximos séculos', por causa da alta miscigenação inevitável com o passar dos séculos." (Renata Fraia 23.10.2015)

#SomosTodosMacacos (de tudo que é cor!)

Ser brasileiro e ser racista no futebol é de uma ignorância Burra
Dois macacos, um branco e um preto de braços dados.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esta ou essa quando usar (gramática)

Muita gente não sabe que há diferença em quando usar esta ou essa (gramática), em uma frase. E de fato há...

E respondendo a pergunta quando usar as palavras esta ou essa, desta, dessa e aquela: Vou explicar a diferença entre esta ou essa recordando a maneira como aprendi de um jeito que fez com que eu NUNCA MAIS ESQUECESSE...

...E recordando
Lembro-me que, certa vez (e lá se vão anos), perguntei ao meu professor de língua portuguesa - o estimado professor Albo - quando deveria usar essa ou esta e ele olhou firmemente em meus olhos - já era um senhor duns 75 anos ou mais - e disse enquanto batia com força e apontando para a mesa dele disse:

 _ Esta mesa é minha, e apontando para minha mesa (carteira)... _ Essa mesa é sua! E arregalou os olhos. Eu nunca mais tive essa dúvida. Se fixou que nem cola em meu cérebro e creio que na menta dos alunos da sala inteira.

Como fazer um bom café

Nada como um cheirinho de café passado na hora... O aroma do café quentinho recém-preparado e aquela fumacinha nos fazem necessitar de uma xícara de café e nem precisa ser feito em máquina de café expresso.

Mas como fazer um bom café?
Daqueles que a gente toma nas cafeterias ou em casas do interior do de fazenda, que a gente vê o grão torrado se transformar em pó (o aroma é quase perturbador) e torce para que a água passe logo pelo coador de pano já amarronzado de tanto café que já tirou.




A ideia para escrever esse post veio de uma entrevista que assisti e que me deixou cabreira, pois segundo a barista, é impossível tirar um bom café com o café que a gente compra no mercado... Leia no final*

Para preparar um bom café em casa se você for como a maioria das pessoas que não tem um moedor de café em casa (:/) basta seguir algumas dicas para um bom café:


1. O pó de café:
- Marca: Escolha uma marca que possui certificado de pureza e qualidade, o selo de pureza ABIC, facilmente verificado nas e…

Falar o que está entalado na garganta pra não somatizar e virar doença

Falar o que está entalado na garganta...

Essa atitude é perigosa, mas acho que deve ser tomada antes que você fique doente e somatizes (gerando doenças na garganta como infecções, problemas na tireoide de até câncer de garganta.

É perigosa porque você pode perder um amigo. Mas será que essa pessoa é mesmo sua amiga? Se fosse não te ofenderia, nem te magoaria com tanta frequência... Assim, no fim você só ganha, não perde...