Pular para o conteúdo principal

Limites da liberdade de expressão e a "permissão" para invadir privacidade alheia

Sempre penso em dedicar algum momento do meu tão atribulado dia para escrever sobre os limites da liberdade de expressão, já que acredito que a tal liberdade de falar ou escrever o que der na telha deveria vir com algum tipo de "filtro moral".

Limites da liberdade de expressão e a "permissão" para invadir privacidade alheia
Limites da liberdade de expressão e a "permissão" para invadir privacidade alheia


E lendo um post de Lúcia Guimarães no Estadão, me senti imensamente impelida a indicar o texto para leitura, já que a colunista exemplificou a maneira como penso sobre os limites da liberdade de expressão de forma inteligente, madura e de fácil entendimento.




Assim, fica a dica de leitura do texto: "A farsa do malandro digital".

E você, o que pensa sobre o assunto? Acha que há limites na liberdade de expressão ou tudo pode ser revelado quando a pessoa é pública? O que sentiria se tivesse sua privacidade invadida travestida de Liberdade de Expressão?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esta ou essa quando usar (gramática)

Muita gente não sabe que há diferença em quando usar esta ou essa (gramática), em uma frase. E de fato há...

E respondendo a pergunta quando usar as palavras esta ou essa, desta, dessa e aquela: Vou explicar a diferença entre esta ou essa recordando a maneira como aprendi de um jeito que fez com que eu NUNCA MAIS ESQUECESSE...

...E recordando
Lembro-me que, certa vez (e lá se vão anos), perguntei ao meu professor de língua portuguesa - o estimado professor Albo - quando deveria usar essa ou esta e ele olhou firmemente em meus olhos - já era um senhor duns 75 anos ou mais - e disse enquanto batia com força e apontando para a mesa dele disse:

 _ Esta mesa é minha, e apontando para minha mesa (carteira)... _ Essa mesa é sua! E arregalou os olhos. Eu nunca mais tive essa dúvida. Se fixou que nem cola em meu cérebro e creio que na menta dos alunos da sala inteira.

Como fazer um bom café

Nada como um cheirinho de café passado na hora... O aroma do café quentinho recém-preparado e aquela fumacinha nos fazem necessitar de uma xícara de café e nem precisa ser feito em máquina de café expresso.

Mas como fazer um bom café?
Daqueles que a gente toma nas cafeterias ou em casas do interior do de fazenda, que a gente vê o grão torrado se transformar em pó (o aroma é quase perturbador) e torce para que a água passe logo pelo coador de pano já amarronzado de tanto café que já tirou.




A ideia para escrever esse post veio de uma entrevista que assisti e que me deixou cabreira, pois segundo a barista, é impossível tirar um bom café com o café que a gente compra no mercado... Leia no final*

Para preparar um bom café em casa se você for como a maioria das pessoas que não tem um moedor de café em casa (:/) basta seguir algumas dicas para um bom café:


1. O pó de café:
- Marca: Escolha uma marca que possui certificado de pureza e qualidade, o selo de pureza ABIC, facilmente verificado nas e…

Falar o que está entalado na garganta pra não somatizar e virar doença

Falar o que está entalado na garganta...

Essa atitude é perigosa, mas acho que deve ser tomada antes que você fique doente e somatizes (gerando doenças na garganta como infecções, problemas na tireoide de até câncer de garganta.

É perigosa porque você pode perder um amigo. Mas será que essa pessoa é mesmo sua amiga? Se fosse não te ofenderia, nem te magoaria com tanta frequência... Assim, no fim você só ganha, não perde...