Pular para o conteúdo principal

ECOSSISTEMA SARAIVA: E-reader LEV da Saraiva completa um ano

Focada em educação, cultura e entretenimento, a Saraiva comemora seus 101 anos e o primeiro aniversário de seu dispositivo para leitura de e-books, o LEV, durante a 17ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. O evento acontece entre 3 e 13 de setembro de 2015, no Riocentro.

ECOSSISTEMA SARAIVA: E-reader LEV da Saraiva completa um ano
E-reader LEV da Saraiva completa um ano


Com um estande de 400 m², a Saraiva convida para experimentação de seu ecossistema de conteúdo, que integra o e-reader LEV, sua plataforma de audiolivros por streaming e o novo aplicativo para leitura de publicações digitais, o Lev Saraiva. Além disso, os visitantes do espaço podem usufruir da comodidade oferecida por uma loja Saraiva, com amplo sortimento de produtos selecionados e ações promocionais especiais.

ECOSSISTEMA SARAIVA


- LEV SARAIVA, o aplicativo


Novo aplicativo gratuito para a leitura de livros digitais, desenvolvido para proporcionar a melhor experiência com e-books em qualquer dispositivo, hora e lugar. O app permite continuar a leitura do ponto exato onde foi interrompida, seja em tablets e smartphones ou no LEV, o e-reader da Saraiva, criando, assim, um ecossistema integrado de acesso ao conteúdo.

Com interface intuitiva, o Lev Saraiva possibilita customização, como ajuste de tamanho do texto, intensidade do brilho, estilo da fonte, layout, cores e muitas outras opções, como fazer anotações e destaques nas obras. Ou, ainda, trocar as páginas passando os dedos sobre elas ou tocando no canto da tela.





A partir do Lev Saraiva também é possível acessar em um só lugar arquivos PDF, EPUB, txt, DjVu, FB2, Comic Book Archive (CBR ou CBZ), entre outros. E compartilhar ideias sobre os títulos nas redes sociais ou por e-mail. Destaque para a acessibilidade do aplicativo com o recurso "texto-para-voz", que permite ouvir trechos das obras selecionados pelo leitor. Disponível no Google Play e App Store.

- ANIVERSÁRIO LEV


Lançado em 2014, o LEV, o leitor portátil de livros digitais, completa seu primeiro aniversário. E em comemoração, a Saraiva promove um mês com descontos de até 80% em seus e-books. As ações podem ser tanto instantâneas, durando apenas 24 horas, como até mesmo se estender por uma semana, com destaque para um título especial a cada dia. Entre as editoras participantes estão Ediouro, Geração Editorial, LeYa, Editora Saraiva, entre outras.

- AUDIOLIVROS SARAIVA


Pioneira no mercado digital, a Saraiva disponibiliza a plataforma de audiolivros digitais via streaming em parceria com o Ubook, com exclusividade no varejo. O sistema funciona no modelo de assinaturas com acesso ilimitado ao catálogo e custa R$18,90 por mês com pagamento no cartão de crédito.

Sincroniza todos os dispositivos e permite que o usuário continue a ouvir um livro exatamente do mesmo ponto em que parou em qualquer um deles. Dentre outras funcionalidades, destaca-se a possibilidade de fazer marcações ou selecionar capítulos. O sistema permite executar o download no mobile para escutar sem a necessidade de conexão com a internet.

Fonte: Saraiva

#Meio Ambiente


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esta ou essa quando usar (gramática)

Muita gente não sabe que há diferença em quando usar esta ou essa (gramática), em uma frase. E de fato há...

E respondendo a pergunta quando usar as palavras esta ou essa, desta, dessa e aquela: Vou explicar a diferença entre esta ou essa recordando a maneira como aprendi de um jeito que fez com que eu NUNCA MAIS ESQUECESSE...

...E recordando
Lembro-me que, certa vez (e lá se vão anos), perguntei ao meu professor de língua portuguesa - o estimado professor Albo - quando deveria usar essa ou esta e ele olhou firmemente em meus olhos - já era um senhor duns 75 anos ou mais - e disse enquanto batia com força e apontando para a mesa dele disse:

 _ Esta mesa é minha, e apontando para minha mesa (carteira)... _ Essa mesa é sua! E arregalou os olhos. Eu nunca mais tive essa dúvida. Se fixou que nem cola em meu cérebro e creio que na menta dos alunos da sala inteira.

Como fazer um bom café

Nada como um cheirinho de café passado na hora... O aroma do café quentinho recém-preparado e aquela fumacinha nos fazem necessitar de uma xícara de café e nem precisa ser feito em máquina de café expresso.

Mas como fazer um bom café?
Daqueles que a gente toma nas cafeterias ou em casas do interior do de fazenda, que a gente vê o grão torrado se transformar em pó (o aroma é quase perturbador) e torce para que a água passe logo pelo coador de pano já amarronzado de tanto café que já tirou.




A ideia para escrever esse post veio de uma entrevista que assisti e que me deixou cabreira, pois segundo a barista, é impossível tirar um bom café com o café que a gente compra no mercado... Leia no final*

Para preparar um bom café em casa se você for como a maioria das pessoas que não tem um moedor de café em casa (:/) basta seguir algumas dicas para um bom café:


1. O pó de café:
- Marca: Escolha uma marca que possui certificado de pureza e qualidade, o selo de pureza ABIC, facilmente verificado nas e…

O livro "Diário de uma Vegana" mexeu com minha "alma" vegana

Ando enfrentando uma questão pessoal que envolve o universo da carne, do vegetarianismo e quiçá do veganismo. Não chega a ser um drama, talvez seja quase um dilema, o qual não consigo resolver -- não a médio prazo. E quem me conhece de verdade pode imaginar o quanto eu quero (ou precisava) escrever sobre o assunto. No entanto, faltava-me o estímulo para transformar em palavras o que sinto, ou melhor, o que sente minha alma vegana. O estímulo surgiu ao tomar conhecimento do livro "Diário de uma Vegana", de Alana Rox, autora que nasceu vegetariana e agora é vegana (um tipo de vegetariano estrito, que não consome NADA de origem animal).


Quando afirmo que Alana nasceu vegetariana, vocês podem imaginar que seus pais não davam carne a ela, mas não é em assim: seus pais não eram vegetarianos. E o mais incrível é que ela e filha de uma gaúcha, ou seja, é nascida em terras onde a carne é praticamente a base da refeição.

Alana Rox rejeitava qualquer alimento de origem animal, para o s…