Pular para o conteúdo principal

Enxergar o lado positivo das coisas ruins

Não é fácil, eu sei... sobretudo para as pessoas que sofreram uma perda, enxergar o lado positivo das coisas ruins. Mas esse lado existe? Sim? Não? Será apenas uma daquelas frases feitas que parecem funcionar só para os outros?

Eu não posso dizer pelas outras pessoas, mas posso dizer (aqui, 'escrever') por mim. Sempre que algo ruim acontece, eu costumo tentar imaginar algo -- ainda que bem pequeno -- que possa ter algum significado... trazer um ou mais aprendizados.

Enxergar o lado positivo das coisas ruins
#SomosTodosChapê

É claro que tal pensamento desprendido e cheio de descortinamento não vem assim logo de cara, principalmente, se tal evento negativo aconteceu comigo ou com as pessoas mais próximas a mim.

Mas os dias passam, a vida segue e a gente tem que encontrar alguma razão pra continuar seguindo, sonhando, planejando e realizando...

E para ilustrar meu pensamento, vou citar a tragédia que aconteceu na aviação brasileira/colombiana, quando o avião que levava grande parte do time de Chapecó, tripulantes e jornalistas que viajavam até a Colômbia para uma importante partida de futebol.

E o que podemos enxergar de "bom" nesta coisa ruim (tragédia)?



Vou ser bastante didática para provar que tudo o que eu penso, e que relatei acima, é verdadeiro.

1. O que fazer em caso de iminente acidente de aviação?

2. Fazer com que as pessoas percebam que não há motivos para matar outras pessoas em nome de um time de futebol... de um jogo... da conquista de um título.

3. Que empresas aeroviárias sejam mais responsáveis.


Dá pra imaginar a grandeza dessas constatações?


2. CONTRA VIOLÊNCIA NO FUTEBOL - O QUE PODEMOS APRENDER?


A violência no futebol, por exemplo, precisa acabar. Embora saibamos que a maioria dos torcedores que têm uma imagem distorcida do que é um jogo*, e como ele deve ser encarado, não lerão este artigo, eu vou escrever, pois essa informação pode sim chegar a essas pessoas.


Alguns dos vândalos travestidos de torcedores (que podem ter uma vida tão infeliz que só conseguem devolver ao mundo altas doses de infelicidade) podem ter se comovido -- ainda que pouco -- devido a proporção dessa tragédia.

* Jogo: no esporte, esta palavra significa uma partida entre dois times (ou duas pessoas) em que apenas um vai vencer, exceto em casos de empate, e para que um vença o outro tem que perder. Mas por que alguns "torcedores" acham que só seus times devem ganhar? Imagina o quão monótono seria ganhar sempre? Oras, as coisas muito previsíveis acabam perdendo a graça, não é mesmo?

Em nome dessa ignorância (ignorante é aquele que "ignora" - não conhece - algo e não um xingamento) alguns ão ao máximo do que pode chegar uma vingança... eles até matam 😲os torcedores do time adversário.

Que a partir dessa tragédia com o futebol brasileiro, ou melhor, mundial, até os corações mais endurecidos passem a mudar de pensamento e, portanto, de atitude. E para que esta informação chegue ao maior número de pessoas, PRECISAMOS, que este texto seja COMPARTILHADO para o maior número de pessoas...

Vamos dar o exemplo?

Muitos de nós têm o hábito de ridicularizar o time para o qual nossos amigos torcem. A gente faz isso de brincadeira e acho até saudável (a depender da perspectiva) em momentos de descontração com os colegas de trabalho, familiares e amigos.

A mesma "brincadeira" também é feita em alguns programas de televisão que fazem as famosas mesas redondas em que, além de comentar sobre as partidas de futebol, um apresentados fica debochando do time do outro. Nós, telespectadores civilizados, sabemos que trata-se de uma estratégia pra atrair mais audiência. Já as pessoas que têm desejo de descontar suas infelicidades em quem vem pela frente, vêm na atitude de tais jornalistas, "um mau exemplo a ser seguido", infelizmente, é claro. Acho que a partir de agora, os programas de TV devem passar a buscar audiência muito mais por:

  1. Comentar eficientemente as jogadas bonitas (independentemente de o time que a fez ser ou não adversário);
  2. Mostrar os lances comentados de todos os ângulos possíveis. Para isso, é necessário que se tenha o maior número possível de câmeras ao redor do campo;
  3. Fazer brincadeiras mais leves e dando risadas divertidas (em vez de irônicas, provocativas e maldosas).

3. Que empresas aeroviárias sejam mais responsáveis... 

... Entendendo, por exemplo, que uma pane seca em um avião é completamente diferente de uma pane seca de um automóvel... os carros ainda não voam e na falta de combustível eles apenas... param!
Esqueci de falar sobre o item 1? " O que fazer em caso de iminente acidente de aviação?" Então vamos lá... Que tal a partir de agora e para sempre passaremos a prestar muita atenção nas orientações de como agir em caso de acidente aéreo, dadas ali mesmo, ao embarcamos no avião? De repente você pode até sobreviver, como foi o caso de um comissário de bordo do voo da Lamia. 😊

Com esse texto eu desejo, ainda, prestar minhas condolências aos familiares das vítimas do rágico acidente da Lamia, e também a todo do time de Chapecó, o chapecoense. #SomosTodosChapecoense agora e para sempre! Eu -- SINCERAMENTE -- não gostaria de ter escrito esse artigo... que só existiu por causa do acidente. 😞

Se desejar compartilhar este texto não esqueça de mencionar que ele é meu e - obrigatoriamente - colocar um link para este artigo, assim:

Texto de Renata Fraia
Artigo: Enxergar o lado positivo das coisas ruins

Homenagem Chapecoense na Colombia | Vamos Vamos Chape | Atanasio Girardot Medellín



#opinião

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esta ou essa quando usar (gramática)

Muita gente não sabe que há diferença em quando usar esta ou essa (gramática), em uma frase. E de fato há...

E respondendo a pergunta quando usar as palavras esta ou essa, desta, dessa e aquela: Vou explicar a diferença entre esta ou essa recordando a maneira como aprendi de um jeito que fez com que eu NUNCA MAIS ESQUECESSE...

...E recordando
Lembro-me que, certa vez (e lá se vão anos), perguntei ao meu professor de língua portuguesa - o estimado professor Albo - quando deveria usar essa ou esta e ele olhou firmemente em meus olhos - já era um senhor duns 75 anos ou mais - e disse enquanto batia com força e apontando para a mesa dele disse:

 _ Esta mesa é minha, e apontando para minha mesa (carteira)... _ Essa mesa é sua! E arregalou os olhos. Eu nunca mais tive essa dúvida. Se fixou que nem cola em meu cérebro e creio que na menta dos alunos da sala inteira.

Como fazer um bom café

Nada como um cheirinho de café passado na hora... O aroma do café quentinho recém-preparado e aquela fumacinha nos fazem necessitar de uma xícara de café e nem precisa ser feito em máquina de café expresso.

Mas como fazer um bom café?
Daqueles que a gente toma nas cafeterias ou em casas do interior do de fazenda, que a gente vê o grão torrado se transformar em pó (o aroma é quase perturbador) e torce para que a água passe logo pelo coador de pano já amarronzado de tanto café que já tirou.




A ideia para escrever esse post veio de uma entrevista que assisti e que me deixou cabreira, pois segundo a barista, é impossível tirar um bom café com o café que a gente compra no mercado... Leia no final*

Para preparar um bom café em casa se você for como a maioria das pessoas que não tem um moedor de café em casa (:/) basta seguir algumas dicas para um bom café:


1. O pó de café:
- Marca: Escolha uma marca que possui certificado de pureza e qualidade, o selo de pureza ABIC, facilmente verificado nas e…

Falar o que está entalado na garganta pra não somatizar e virar doença

Falar o que está entalado na garganta...

Essa atitude é perigosa, mas acho que deve ser tomada antes que você fique doente e somatizes (gerando doenças na garganta como infecções, problemas na tireoide de até câncer de garganta.

É perigosa porque você pode perder um amigo. Mas será que essa pessoa é mesmo sua amiga? Se fosse não te ofenderia, nem te magoaria com tanta frequência... Assim, no fim você só ganha, não perde...